Posts

Os embates do futuro ministro da Justica com os supreminhos (FSP)

Prioridades de Moro no governo devem levar a embates com ministros do STF
Folha de S. Paulo, 3/11/2018

 Principal crítico da atuação do juiz federal Sergio Moro nos quatro anos da Operação Lava Jato, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo, dizia no ano passado que as prisões preventivas que o magistrado decretava flertavam com a ilegalidade: "Temos um encontro marcado com as alongadas prisões que se determinam em Curitiba. Temos que nos posicionar sobre este tema que conflita com a jurisprudência que desenvolvemos ao longo desses anos". Gilmar criticava Moro porque o então juiz mantinha suspeitos presos por mais tempo e com justificativas mais elásticas que as previstas em lei. Agora que aceitou ser ministro da Justiça do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), Moro deve ter uma pauta de discussão, e de potenciais conflitos, muito mais ampla do que o tema das prisões preventivas, sobre o qual ele derrotou o entendimento de Gilmar e do Supremo.
A primeira questão, e potencialment…

Participacao do Brasil na Grande Guerra: modesta, como esperado - BBC Londres, PRA

Image
O artigo é de 2014, cem anos do início da Grande Guerra. Estamos a cem anos do seu final.
Em 2014, eu também compus um artigo sobre o impacto da Guerra sobre o Brasil, aqui:

Entrevista do presidente eleito sobre seu governo - Denise Rothenburg (CB)

Image
“Se eu errar, o PT vai voltar ao poder”, diz Bolsonaro, que critica também FHC  Posted on novembro 2, 2018by  Denise RothenburgCorreio Braziliense http://www.tribunadainternet.com.br/se-eu-errar-o-pt-vai-voltar-ao-poder-diz-bolsonaro-que-critica-tambem-fhc/




Em entrevista exclusiva, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, avisa que seus ministros terão carta branca para nomear seus secretários, diretores das delegacias regionais e por aí vai. “O que estou cobrando dos ministros é produtividade”, diz ele, sentado na pequena varanda improvisada na entrada de sua casa, com uma mesa redonda de madeira transformada em cenário para a entrevista à Rede Vida de Televisão, com tempo cronometrado: 15 minutos. “Precisa de terno? Não, né?”, pergunta ele, à vontade com a camisa de manga curta amarela, uma das cores da sua campanha, e calça jeans As críticas, agora, não se restringem ao PT. Ao falar da importância que dará ao Ministério da Defesa, Bolsonaro emenda com uma crítica dire…