Posts

Showing posts from July, 2018

Christopher Garman (Eurasia) sobre as eleições no Brasil

ESTADO DE S.PAULO ENTREVISTA  CHRISTOPHER GARMAN, DIRETOR PARA AS AMÉRICAS DA CONSULTORIA DE RISCO POLÍTICO "EURASIA"!

Estado de S.Paulo, 30/07/2018 

O mercado reagiu bem à notícia de apoio do Centrão ao Alckmin. Esse apoio partidário e o consequente tempo de TV podem alavancar sua candidatura?

Eurasia: Conseguir o apoio foi importante para ele, mas foi menos no sentido de alavancar e mais no de evitar um passo para trás. A campanha do Alckmin corria sério perigo. Estávamos enxergando uma crise de confiança entre os partidos que tradicionalmente seriam parceiros de Alckmin, que viam ele patinando nas pesquisas. Eles também estavam olhando Jair Bolsonaro e reconhecendo que era uma candidatura que dificilmente dava para trabalhar, dado que há promessa de cortar ministérios e nomear generais para gabinetes. Aí os partidos flertaram com Ciro. Se o Centrão tivesse ido com o Ciro ou rachado, teria criado uma dinâmica muito perversa de que a classe política tinha uma falta de confianç…

Programa politico do prisioneiro que mantem um partido prisioneiro de sua prisao: ele mesmo...

Lula divulga as cinco diretrizes de sua campanha à presidência 247 - Foram divulgadas no site do Instituto Lula as cinco diretrizes da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto. Membros com ele preso, integrantes do PT argumentam que o principal nome do partido não está com os direitos políticos suspensos. São eles: 1. Promover a soberania nacional e popular na refundação democrática do Brasil; 2. Iniciar uma nova era de afirmação de Direitos; 3. Liderar um novo Pacto Federativo para a Promoção de Direitos Sociais; 4. Promover um novo modelo de desenvolvimento, e 5. Iniciar a transição ecológica para a nova sociedade do século XXI.
"Dia 29 nós fechamos o texto e se tiver alguma pendência volta na convenção do partido", informou o ex-prefeito Fernando Haddad, que divulgou os eixos da campanha e coordena o programa de governo.
Confira as observações sobre o EIXO 1 e os demais: - Reafirmação do legado dos governos do PT e revogação das medidas d…

Josias de Souza: politicos continuam tratando eleitor como gado

Image
Políticos continuam tratando eleitor como gado Josias de Souza

29/07/2018 06:00
Quase tudo na sucessão de 2018 se parece com eleições anteriores, menos o eleitor. Os caciques fazem política com os pés no mundo da Lua, onde não há corrupção nem desemprego. Promovem os mesmos cambalachos de sempre. O feitiço pode virar urucubaca, pois o brasileiro amarga uma descida pelos nove círculos do inferno. E acha que não merece a excursão. Agora, às vésperas de uma nova eleição, a cabine de votação se confunde com uma visão do purgatório. O voto parece instrumento de purificação. Em órbita, candidatos e dirigentes partidários não se deram conta de que um pedaço do eleitorado está desconfortável no papel de gado. Geraldo Alckmin acredita que seu desempenho pífio como presidenciável mudará a partir de 31 de agosto, quando começa o horário eleitoral na televisão. Por isso, vendeu a prataria para juntar cerca de 40% da propaganda eletrônica. Parte da plutocracia torce para que ele alce voo. Mas não …

Paulo Guedes sobre Bolsonaro - OESP)

”Se entrou gente da guerrilha, por que não do Exército?”
O Estado de S. Paulo, 28/07/2018

Principal assessor e responsável pelo capítulo econômico do programa de governo do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, o economista Paulo Guedes defendeu ontem a participação de militares em um eventual gestão do deputado fluminense. “Entrou alguém que estava na guerrilha há 20 anos, por que não pode entrar um (ex-) capitão do Exército?”, questionou Guedes, em entrevista ao Estadão/Broadcast. O comentário de Guedes é uma referência à presidente cassada Dilma Rousseff (PT), que atuou na Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VARPalmares) durante a ditadura militar, e a Bolsonaro, que é militar reformado. Numa tentativa de dirimir a desconfiança de agentes econômicos em relação à candidatura de Bolsonaro, Guedes ressaltou sua confiança nas instituições e na democracia, que, segundo ele, “dão segurança à alternância de poder”. Como exemplo, disse que quando o Executivo “se …

Pesquisa em 26/07/2018: Segundo turno empatado...

Image
Segundo turno revela empate técnico entre Bolsonaro x Marina ou x Alckmin ou x Ciro Políbio Braga,  27 Jul 2018 04:57 AM PDT Segundo turno, de acordo com  pesquisa de hoje da Ideia Big Data, encomendada e publicada pela revista Veja: Marina Silva 30% X 28% Jair Bolsonaro Geraldo Alckmin 26% X 25% Jair Bolsonaro Jair Bolsonaro 27% X 25% Ciro Gomes No caso de se candidatar, Lula levaria alguma vantagem sobre Jair Bolsonaro: 37% X 30%

Militares brasileiros preparam ampla campanha eleitoral (OESP)

Militares brasileiros preparam ampla campanha eleitoral Cerca de 90 representantes das Forças Armadas devem se lançar candidatos nas eleições de 2018O Estado de S. Paulo, 27/07/2018
RIO DE JANEIRO - Membros das forças armadas do Brasil, que ficaram fora da vida política após o fim da ditadura militar 30 anos atrás, estão fazendo sua maior incursão na política em décadas, ao ponto de alguns alertarem para o risco de uma intervenção.  Generais e outros oficiais da reserva com fortes laços com a cúpula militar estão preparando uma grande campanha eleitoral, com aproximadamente 90 veteranos das Forças Armadas se lançando como candidatos para uma série de cargo, incluindo a presidência, nas eleições nacionais marcadas para outubro. Eles dizem que tal iniciativa é necessária para resgatar o país de uma liderança política enraizada que desarrumou a economia, fracassou em conter a violência e desviou bilhões de dólares em esquemas de corrupção.  E se a urna não trouxer mudanças rápido o bast…

General Mourao: evitar o maniqueísmo na campanha de Bolsonaro

Image
"É meio boçal", diz general Mourão sobre postura de eleitores de Bolsonaro Para o general da reserva Hamilton Mourão, alguns apoiadores de Jair Bolsonaro têm um radicalismo que chega a ser meio boçal e defende que o candidato se comunique com uma parcela maior do eleitorado
CBCorreio Braziliense postado em 26/07/2018 14:40 (foto: Evaristo Sá/AFP) Até mesmo pessoas próximas ao pré-candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, demonstram preocupação com o radicalismo demonstrado pelos simpatizantes do deputado federal. Consultor da candidatura de Bolsonaro, o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB) criticou, em entrevista publicada pela Agência Estado nesta quinta-feira (26/7), o que considera um "certo radicalismo nas ideias" dos eleitores, que, segundo ele, chegam a ser "meio boçal".
"Existe um certo radicalismo nas ideias, um radicalismo até meio boçal. Tem boçal dos dois lados. Os extremos se atraem", afirmou, antes de criticar também o que el…

Um mestre das pesquisas especula sobre os candidatos - Paulo Guimaraes (Valor)

 ENTREVISTA O ESTATÍSTICO PAULO GUIMARÃES, QUE FAZ PESQUISAS ELEITORAIS HÁ 29 ANOS!
VALOR ECONÕMICO, 18/07/2018

1. Com 29 anos de atuação em campanhas eleitorais de todos os partidos, do Psol e PT ao PSDB e DEM, o estatístico Paulo Guimarães afirma que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem potencial para elevar para 20% a 22% as intenções de voto do candidato do PT, seja Fernando Haddad ou Jaques Wagner, e que isso pode colocar a sigla no segundo turno da eleição presidencial. 

2. Mas a transferência de votos não superará esse percentual e dependerá das condições de Lula, que está preso, fazer campanha. Se conseguir, quem mais perderá votos será Ciro Gomes (PDT).

3. Guru do ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM), que ele ajudou a eleger numa eleição que muitos davam como perdida - aparecia em terceiro no dia anterior ao primeiro turno -, "Paulinho" é responsável pela pesquisa encomendada pelo DEM para orientar os partidos do "Centrão" na busca pelo…

Ricardo Bergamin e Josias de Souza sobre o centrao predatorio

Image
Para ele, o chamado Centrão, que é apenas uma ameba gelatinosa, é simplesmente sinônimo de larápios do Tesouro Nacional, meliantes do dinheiro público...
Mas, Josias de Souza também é cruel com os assaltantes dos cofres do Estado.
Paulo Roberto de Almeida 

A suruba da política no Brasil.  Por ausência total de direita no Brasil o PT será o grande vencedor nas eleições de 2018 para o Congresso Nacional. Em São Paulo o “jurássico” Eduardo Suplicy lidera a corrida para o Senado. Ser contra o PT, por si só, não pode ser considerado de direita ou liberal. Necessita de um projeto de pensamento e de fé.  Viva CAZUZA A tua piscina tá cheia de ratos Tuas ideias não correspondem aos fatos O tempo não pára Eu vejo o futuro repetir o passado Eu vejo um museu de grandes novidades O tempo não para Não para, não, não pára Ricardo Bergamini
Nada mais cretino e mais cretinizante do que a paixão política. É a única paixão sem grandeza, a única que é capaz de imbecilizar o homem.”  ― Nelson Rodrigues
Sujos e mal lavado…